Envie uma mensagem
Chat
online
Fale com um consultor
Fale via whatsapp
BLOG

Prédios do futuro: conheça as principais tendências para imóveis

17/10/2019
ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

Quem procura imóveis para investir deve apostar em empreendimentos que ofereçam maior rentabilidade. A valorização se deve, além de fatores como localização e infraestrutura, aos recursos tecnológicos e soluções sustentáveis empregadas no projeto. São esses diferenciais que caracterizam os chamados “prédios do futuro”, que já são uma realidade nas principais metrópoles do Brasil e do exterior.

Para saber o que essas construções têm de tão especial, acompanhe o artigo. Diversificar sua carteira de investimentos com negócios imobiliários de última geração pode ser sinônimo de retorno alto e risco baixo!

Quais são as principais tendências para os prédios do futuro?

Os prédios do futuro oferecem apartamentos de alto padrão com mais conforto, praticidade, segurança e economia nas contas de água, luz e internet, além de contribuírem com a preservação do meio ambiente. Para isso, apresentam uma série de diferenciais ligados à tecnologia e à sustentabilidade. Acompanhe!

Automação residencial

A automação residencial vai muito além da abertura dos portões da garagem. Os recursos tecnológicos controlados pelo smartphone, remotamente, e/ou pelo reconhecimento da voz ou de gestos, quando se está em casa, permitem:

  • escolher o som e o tipo de iluminação, bem como ajustar a temperatura de cada ambiente e abrir ou fechar janelas e cortinas antes mesmo de chegar ao lar;
  • entrar sem usar chave, graças às fechaduras com biometria e tecnologias de reconhecimento facial e de retina;
  • economizar energia nas áreas que precisam de iluminação constante, como garagens, ajustando a intensidade da luz de acordo com o fluxo de pessoas;
  • conectar os sistemas de segurança (como câmeras de vigilância, alarmes, entre outros) às centrais de monitoramento;
  • trocar a portaria tradicional por uma portaria virtual, que é menos custosa (a folha de pagamento é um dos principais encarecedores da taxa condominial) e à prova de falha humana (como dormir em serviço, por exemplo);
  • programar a irrigação de gramados e jardins, analisando a umidade presente no solo e a limpeza da piscina, aspirando e ajustando o pH da água; entre outras funcionalidades.

Sustentabilidade e sistemas eficientes

Nos prédios do futuro, a sustentabilidade e o uso eficiente dos recursos naturais são pensados desde as primeiras etapas do projeto. Isso porque:

  • o dimensionamento correto de fios, cabos e conduítes aumenta a economia de energia, além de prevenir curtos-circuitos e outros danos;
  • o uso de lâmpadas LED, economiza muito mais energia do que as tradicionais, com uma durabilidade bem maior;
  • o projeto arquitetônico das áreas comuns e dos apartamentos deve privilegiar a luminosidade e a ventilação naturais, diminuindo a necessidade de acender lâmpadas e usar o ar-condicionado;
  • a instalação de painéis solares fotovoltaicos gera uma energia limpa e renovável, sendo que, dependendo da quantidade de placas, a economia pode ser parcial ou total;
  • o dimensionamento, com base na estimativa da quantidade e duração dos banhos diários, permite projetar um sistema de aquecimento solar que esquente água suficiente para os chuveiros;
  • a colocação de equipamentos que armazenam e tratam, por meio da eliminação de micro-organismos e do equilíbrio do pH, águas cinzas e pluviais, permite o seu reúso na limpeza, para dar descarga em vasos sanitários, entre outras finalidades;
  • a instalação de medidores individualizados, por unidade, acaba com o rateio da conta e aumenta a consciência de cada família sobre a importância de economizar água;
  • a existência de compartimentos preparados para o descarte de resíduos orgânicos, recicláveis e, em alguns casos, especiais (como produtos tóxicos, lixo eletrônico etc.), que são retirados por empresas terceirizadas, diminui o impacto do condomínio sobre o meio ambiente;
  • o uso de materiais de construção (como esquadrias, pisos, azulejos etc.) ecoeficientes ajuda a manter o conforto termoacústico nos ambientes.

Conectividade e integração

Tendências como o compartilhamento, que reduz os custos com aluguel, contas mensais e gastos extras com manutenção e soluções que evitem o deslocamento dos moradores são marcantes nos prédios do futuro. Para isso, esses empreendimentos oferecem:

  • sala para coworking, cujas instalações são otimizadas. Além da economia de tempo e dinheiro, usualmente desperdiçados no trânsito, esse espaço propicia o networking entre os condôminos, ao mesmo tempo em que permite receber pessoas de fora para tratar de assuntos de trabalho;
  • prestação de serviços nas dependências comuns, com áreas para receber profissionais ligados à beleza, saúde, alimentação, educação, entre outros. Espaços como salão de beleza ou banho e tosa para pets facilitam o dia a dia dos moradores;
  • ambientes para o uso compartilhado, como lavanderia coletiva, bicicletário, espaço fitness, entre outros. Neles, o morador paga uma taxa apenas pelo tempo de uso;
  • áreas de lazer completas, com piscina, churrasqueira, quadra poliesportiva e outras possibilidades de diversão para todas as idades e estilos.

Como a internet das coisas irá facilitar o dia a dia dos moradores?

A IOT (sigla em inglês para Internet das Coisas, na tradução) possibilita a conexão entre os eletrodomésticos inteligentes e a internet. Assim, com base nos hábitos dos moradores, os aparelhos facilitam a rotina doméstica.

Na prática, se algum alimento estiver acabando, a geladeira comunica o supermercado e programa o serviço de entrega. Mas caso você prefira ir às compras, ela elabora a lista do que precisa ser reposto. E tem mais: para ajudar a montar o menu do dia, a geladeira ainda sugere dicas de receitas com os alimentos disponíveis.

Já cooktops, fogões e fornos indicam os tempos e temperaturas de cozimento, além de comunicarem quando as refeições estão prontas. Máquinas de lavar, por sua vez, também secam, passam (por meio de um sistema de vapor) e dobram as roupas.

Por fim, a poeira é tirada por um robô aspirador, que desvia dos móveis enquanto se move, para não danificá-los. Assim, ao chegar em casa os proprietários podem relaxar e não precisam se preocupar com as tarefas domésticas.

Quais são os benefícios de ficar por dentro dessas tendências?

Identificar os diferenciais que agregam valor ao empreendimento ajuda a escolher as melhores opções de investimentos no mercado imobiliário. Afinal, essas tendências interferem na valorização dos imóveis, pois cada vez mais, as pessoas desejam ter conforto, segurança e praticidade, além de economizar nas contas do lar.

Entretanto, para encontrar imóveis que tenham essas qualidades, é preciso procurar por uma construtora especializada em empreendimentos eficientes e sustentáveis. Além disso, como costumam ser negociados na planta, é necessário que a empresa seja reconhecida pela seriedade e compromisso.

Assim, os prédios do futuro são uma realidade cada vez mais presente. Eles oferecem tudo que o estilo de vida moderno necessita, bem como preservam os recursos naturais e ainda reduzem o impacto ambiental. Neles, tecnologia, sustentabilidade e qualidade de vida são indissociáveis!

Se você gostou deste artigo, assine nossa newsletter e receba outros conteúdos exclusivos por e-mail. Ficar bem informado é o primeiro passo para ser um investidor de sucesso!

Baixe o Book agora!
ASSINE NOSSA NEWSLETTER: