Envie uma mensagem
Fale
via chat
Fale via whatsapp
BLOG

6 técnicas de atendimento personalizado para usar na construção civil

22/06/2020
ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

6 técnicas de atendimento personalizado para usar na construção civil

O mercado de construção civil é altamente competitivo. Por isso, os contatos com potenciais clientes têm que ser proveitosos. Adotar alguma técnica de atendimento personalizado é uma das melhores maneiras para efetivar vendas nesse setor. 

Afinal, seja para morar ou investir, bons argumentos são essenciais para fechar negócios. Eles ajudam, inclusive, a superar o receio que alguns têm sobre a solidez das construtoras no contexto econômico atual.

Considerando esses fatores, apresentaremos as abordagens — pessoais, por telefone e online — mais indicadas. Continue a leitura e veja como oferecer o melhor atendimento possível!

Por que investir em alguma técnica de atendimento personalizado?

O mercado imobiliário, principalmente de alto padrão, tem que lidar com 2 tipos de concorrência: de outras construtoras e de investimentos no mercado financeiro. Tamanha competitividade implica em encontrar formas de atrair cada vez mais clientes e influenciar suas escolhas.

Nessa hora, entram em cena as técnicas de atendimento personalizado. Hoje em dia, não basta receber os clientes com um sorriso no rosto ou disparar e-mails promocionais chamando-os pelo primeiro nome.

A comunicação precisa ser, realmente, interativa. Mais que isso, deve mostrar empatia, descobrindo as características e necessidades de cada um e assumindo o papel de uma consultoria. Essa estratégia influencia, positivamente, o resultado dos contatos. Os clientes se sentem únicos e especiais, com suas demandas atendidas caso a caso.

Quais estratégias de atendimento ao cliente vale a pena adotar?

Empreendimentos de alto padrão não se vendem sozinhos. Por isso, conheça 6 técnicas de atendimento personalizado para aumentar as vendas e fidelizar compradores!

1. Mantenha um histórico dos clientes

É preciso conhecer quem entra em contato com a construtora, seja presencial ou virtualmente. Além dos dados cadastrais mais comuns, registre interesses, gostos, hábitos e estilo de vida. Uma forma simples é seguir suas redes sociais.

Mas o histórico não para por aí. Registre, ainda, demonstrações de insatisfação e quaisquer problemas, bem como o que foi feito a respeito. Essas informações são valiosas e devem ser salvas para que, cada vez que vocês se falarem, sejam levadas em consideração.

Não custa reforçar: atente-se, sempre, ao que estiver sendo dito. Isso vale, inclusive, para os contatos no pós-compra.

2. Conheça bem o seu público

Quem conhece seu público consegue oferecer, com rapidez, soluções que realmente atendam seus desejos e necessidades. De nada adianta indicar empreendimentos aleatoriamente. É preciso ouvir os clientes, entender o que precisam e satisfazê-los da melhor forma possível.

Para facilitar, crie personas (clientes ideais) baseadas nos históricos dos clientes. Depois, reflita sobre a melhor forma de abordá-los. Outro ponto que ajuda é avaliar os resultados de pesquisas de satisfação sobre o atendimento. Afinal, eles revelam o que os clientes esperam da empresa e o que precisa ser melhorado.

3. Construa um relacionamento de confiança

A confiança é algo estabelecido ao longo do tempo, inclusive depois de efetivar a compra. Além de comercializar imóveis de qualidade, com sinceridade e evitando propagandas enganosas, deve-se perguntar se o cliente está satisfeito com o bem.

Para construir esse relacionamento, prefira e-mails, mensagens por WhatsApp e redes sociais. Ligações feitas em horários inoportunos podem gerar antipatia. Faça contato telefônico apenas quando o cliente autorizar, nunca como primeira opção.

Além disso, envie convites para lançamentos, pequenos brindes etc. Lembre-se, ainda, de cumprimentá-lo no dia do aniversário.

Outro ponto importante: invista em exclusividade. Clientes fiéis merecem receber informações sobre lançamentos com antecedência. Se possível, ofereça programas de fidelidade, com bônus para os compradores recorrentes.

4. Ofereça diversos canais de atendimento

Além de manter contato com clientes e potenciais clientes, esteja disponível para quando eles lhe procurarem. Para isso, deve-se ter vários canais de comunicação, como um número de SAC, um chat, um e-mail corporativo e um WhatsApp Business (opção mais direta, por isso, bastante recomendada).

5. Tenha empatia e pense como o cliente

Interaja com clientes e potenciais clientes com empatia. Use uma linguagem alinhada à deles e pergunte como têm passado, dando a impressão de estar entre amigos. Humanizar o atendimento faz toda a diferença em uma época em que não se sabe se está falando com uma pessoa lendo um script ou um robô.

Além disso, não minimize as redes sociais. Responda aos comentários deixados no Facebook, YouTube, Instagram e outras — não com respostas automáticas, mas de forma personalizada. E responda rapidamente: dar satisfação para seu público é essencial!

6. Agregue valor aos produtos

Para valorizar a carteira de empreendimentos, algumas construtoras investem em inovações. No caso de imóveis de alto padrão, destacam-se, por exemplo, as que usam materiais biodegradáveis, têm sistemas de aquecimento solar, de reaproveitamento de água, de gestão de resíduos etc.

Portanto, quando houver essa opção, reforce-a com os clientes. Mostre como impactam no meio ambiente e na qualidade de vida da família.

Como a tecnologia ajuda a oferecer um atendimento mais personalizado?

A tecnologia é uma importante ferramenta para cativar e fidelizar a clientela. Ela permite, por exemplo:

  • disponibilizar diferentes meios de comunicação online (o chamado SAC 2.0), o que facilita a entrada de contato com os clientes — e vice-versa;
  • criar um banco de dados cruzando informações dos clientes (com um software de CRM) e usá-lo para melhorar e agilizar a qualidade dos atendimentos;
  • coletar informações sobre as pesquisas dos clientes no ambiente digital, para criar campanhas mais assertivas, baseando-as nos interesses individuais;
  • monitorar as menções à construtora ou a algum empreendimento específico nas redes sociais e se aproximar do público;
  • investir na realidade virtual para simular como os apartamentos deverão ficar depois de prontos e decorados, permitindo que os clientes façam um tour 360.º; entre outras possibilidades.

Por fim, é importante ressaltar que, quando o relacionamento com os clientes funciona, eles desenvolvem um verdadeiro apreço pela empresa. Isso faz com que deem preferência, em detrimento da concorrência.

Assim, a experiência do comprador é um ponto-chave no sucesso de um negócio. Ele deve sentir que suas necessidades são o foco do contato. Para isso, não há nada mais eficiente que seguir alguma técnica de atendimento personalizado. Essa é uma boa maneira de superar a competitividade na área da construção civil, atraindo e fidelizando cada vez mais clientes!

Gostou do artigo? Então, curta nossa página no Facebook e acompanhe todas as nossas publicações!


ASSINE NOSSA NEWSLETTER: